07 agosto 2012

Focar a solução, quantos somos? Também sentes isto, eu sei.


Nada como focar-se em tudo o que de bom nos rodeia, naqueles pequenos nadas, tão prazenteiros e que dão consistência à nossa vida diária!
Este "amor" que tantos pretendem definir, mas que ainda ninguém conseguiu, não tem que ver com o amor carnal de emparelhamento com outro ser da mesma espécie...

Um estado de amor, começa sobretudo em si mesmo... Para que tudo o que o rodeia se transforme à sua passagem!
É um efeito deveras engraçado, poder transformar o seu ambiente circundante, muitas vezes sem uma única palavra, apenas e só com as vibrações energéticas emitidas.
Como se o etéreo à sua volta, contaminasse os restantes...

Atraindo os bons e repelindo os mal intencionados, é verdadeiramente fantástico!

Cada um de nós deve poder parar o seu "mind set" actual para se poder encontrar, no seu interior e abraçar-se, perceber o que está enterrado fundo no seu ser, nas suas vidas passadas e aceitar-se como parte de algo infinitamente maior...

Perceber de onde vem a sua alma, nutri-la e dar-lhe asas!

Sendo a alma uma porção energética, com o potencial da co-criação, sob uma regra que é definida e universal!

Tudo o resto, é extraordinariamente simples de alcançar, ao estar em paz consigo e com o seu interior... Em suma, aceitando-se plenamente!

Não há segredos, há apenas a sua consciência crítica e o seu instinto (ou 6º sentido!).

Tudo o que a sociedade actual faz, é inibi-lo de alcançar todo o potencial que tem dentro de si, distraindo-o permanentemente com coisas insignificantes, que o colocam permanentemente num "mindset" diferente... Longe de si próprio.

A sociedade zelará para que esteja sempre impossibilitado de pensar introspectivamente e perceber o que carrega (ou arrasta) dentro do seu coração durante o quotidiano... Esse é o estado actual...
A solução é acreditar, que no final "love will save the day".

All you need is love, nas palavras do eterno John Lennon.

A mensagem está por aí espalhada aos 4 ventos, por todo o lado, mas as generalidade das pessoas anestesiadas pela realidade percebida, ignoram completamente a sua dimensão espiritual...

Quando a santíssima Trindade é composta por: Mente, corpo e espírito... Parece que a sociedade negligencia bastante este último...

A alma, a parte não palpável do ser e que por algum motivo está a acordar, a lembrar-se de coisas!

Como explicamos essas coisas, para as quais não temos consciência, ou vocábulos sequer para exprimir...

As ideias viajam à velocidade da luz...

Se eu tiver uma ideia e tu outra... Pela partilha, ficamos ambos com duas ideias!
A partilha torna o conhecimento exponencial...
Será isto a formação da consciência global?

Poderemos com esta consciência global criar o futuro?

Sentes-te a mudar, a fazer as coisas de modo diferente e de que forma a tua acção influencia o meio!
Estamos a assistir em primeira fila a um estádio de evolução da Humanidade!

Um estádio onde a ciência e o espiritual se unem para explicar o todo...
Estamos a percorrer o caminho!
Sentes-te a mudar!? Eu sei que sim...


Sem comentários:

Enviar um comentário