09 julho 2012

As tábuas esmeralda de Toth tem 36 mil anos?

Tradução da Tábua smeredigna de Hermes Trismegisto

O que sabemos acerca da história da humanidade?

Segundo Darwin, somos descendentes de macacos...
A espécie humana é uma variante refinada de símios.

10 mil anos antes de Cristo, passámos da pedra lascada para a pedra polida, ou seja, do Período Paleolítico para o Neolítico... Segundo a antropologia moderna.

Algures entre 12 500 A.C e 10 000 A.C deu-se o famoso dilúvio da arca de Noé, amplamente descrito nos livros religiosos...

E antes disso...?

A ideia de que um alto sacerdote, chamado Toth, da mítica Atlântida, pudesse ter escrito ensinamentos em tábuas, há cerca de 36 mil anos... Contraria tudo aquilo que sabemos sobre a evolução da nossa espécie.
E ao mesmo tempo oferece uma perspectiva diferente sobre todas as religiões...
Demonstrando que todas elas derivam dos mesmos ensinamentos, passados através da escrita ao longo dos tempos, visando expandir a consciência global da espécie!

Mas a escrita surgiu apenas, em 6 000 A.C, quase simultâneamente, na civilização Suméria, situada na Mesopotâmia, na zona do crescente fértil e actual Iraque (escrita cuneiforme) e no Egipto (hieróglifos), designado na altura, de Khem...

Então como é que as tábuas esmeralda (cuja própria estrutura, obtida por transmutação química, desafiam as leis da física actuais, conferindo às ditas tábuas indestrutibilidade...), têm 36 mil anos???

6 vezes mais antigas que a própria escrita?

O aparecimento da escrita coincide com o fim da Pré história e o inicio das religiões...

Inicialmente as religiões eram politeístas e várias divindades (ou mestres ascendidos...), passavam conhecimentos diversos aos povos... Em todos os domínios do saber, desde a agricultura, passando pela matemática e escrita, até à astronomia!

Os profetas (Mestres ascendidos...Que atingiram a ressurreição consciente) como Maomé, Moisés, Buda ou Jesus Cristo... Espalharam a mesma mensagem, porém cada um deles deu origem a uma religião diferente, consoante a época e a consciência existente.
Falam de um só Deus todo poderoso, omnipresente e omnipotente, que originou o monoteísmo.
Uma lei universal que é idêntica e comum a todos os seres do universo.

"Tanto acima como abaixo, tanto dentro como fora"

Grande parte das religiões actuais se baseiam nos conhecimentos passados através desses profetas e respectivas religiões, Islamismo, Judaísmo, Hinduísmo e Cristianismo...

Todas elas, prometem a ascensão a planos de existência superiores, através da crença e da Fé...
A Fé... Que mais não é, que o simples poder da intenção!

Toth (cujo o nome é foneticamente similar a "tought", e que significa "pensamento"...), pode ser o ancestral elo de ligação comum entre todo o mundo místico e esotérico desde os primórdios da humanidade.

Significa que já fomos, num passado distante e esquecido mais evoluídos, do que somos actualmente...
Os Maias, com a sua misteriosa cultura, calendário e conhecimentos de astronomia fazem prova disso mesmo e dos conhecimentos existentes na antiga Atlântida.

As tábuas esmeralda, são também responsáveis pela fundação da Grécia antiga, através de Platão e Pitágoras (a quem fora ensinada a geometria sagrada no Egipto)...

Mas Hermes Trismegisto (Nascido 3 vezes...), também conhecido como o "mensageiro dos deuses" e adoptado pelo império Romano politeísta, como Mercúrio, o mensageiro das sandálias aladas, torna-se na figura de proa na divulgação das tábuas esmeralda por entre os clássicos Greco romanos da antiguidade.

Hoje, o Cern está na iminência de testemunhar a "partícula de Deus" ou o Bosão de Higgs...

Estaremos nós como espécie, na eminência de descobrir a Lei que rege todo o Universo, onde ciência e religião se fundem, para explicar uma ordem universal bem definida e que integra corpo, mente e espírito...

Algo que é resumido no Cristianismo como:

"Em nome do Pai (mente), do Filho (corpo) e do Espírito Santo (espírito)".

Se assim for, estamos todos na 1ª linha, para assistir ao nascimento da consciência universal...

Onde cada um de nós é o todo... E onde tudo é possível, através do pensamento!

São 15 tábuas, que podem ser lidas centenas de vezes, válidas para todos os planos de existência!
Há muito mais a dizer, sobre este assunto fantástico e que nos remete para as 3 perguntas...

Quem somos? Donde vimos? Para onde vamos?


Ruínas de Alexandria, Egipto

Sem comentários:

Enviar um comentário