18 maio 2012

O coiso é do C@r@lho- ODE AO COISO


Estava eu sossegado a trabalhar, no aconchego do lar, criando as "oportunidades" que o senhor dos Passos me aconselhou, quando sou bombardeado com a ejaculação (precoce) cerebral, do "Coiso" da economia.

Como todos sabem, "o coiso" é um dos maiores problemas de Portugal.
Com (bem) mais de 1 milhão de Portugueses "no coiso", não há economia que resista, nem coisos para ninguém para comprar coisas, no coiso a 50%...

Portanto o crescimento do "coiso" (ou a impotência dos coisos perante o mesmo...), só pode ser da responsabilidade de V. Exas os coisos que tem feito de tudo para manter o coiso em medidas crescentes!

O que eu desconhecia até hoje, era que o coiso, seria gerador de oportunidades (quando em tempos idos, era sinónimo de pieguice ou emigração...), agora tornou-se numa autêntica ode à independência, o coiso!

Mas não deixa de ser giro que haja uma Assembleia pejada de "grandesíssimos coisos" a discutir o grande "COISO" (e que ninguém consegue, ou quer resolver...), por causa de uma clara falta de "coisos" no lugar que permitam assumir uma posição, que contrarie o memorando dos coisos...

Outros coisos que fazem coisas muito graves e ainda assim, vão para a sua casa, tranquilos com uma coisa electrónica à volta do tornozelo, para Paris, ou para lado nenhum porque a justiça se recusa a pegar na coisa!
Quando deviam frequentar Tires ou o Linhó, procedendo ao ritual de "apanha o sabonete no chuveiro"...
Pelo menos durante 25 anos, a gramar o coiso!

Se lhe pagamos, reformas, BPN, governanças e toda uma panóplia de cambalachos, também de bom grado lhe pago 25 anos de cadeia com os outros coisos...Sempre a LEVAR COM O COISO!

Muitos Portugueses, indignados, dizem as como são as coisas... Já fartinhos da coisa, das coisadas e dos coisadores!
Mudando... só para melhorar o coiso e as coisas, não para ir buscar coisos ao PREC!

Mas bem vistas as coisas, o problema do coiso, podia mandar o coiso de volta para (novas oportunidades!?) o Canadá...
Em caminho podia levar os coisos da maçonaria,  os coisos da opus, os coisos da direita e os coisos da esquerda e fazer aqui um "stand by" na coisa, para percebermos todos para onde vai a coisa!

Aqui na tasca estamos todos fartos das coisas dos coisos...
E até ver não há coisa que nos faça mudar de ideias!

Em Portugal há grandes coisas e depois há estas coisas...

Mas basicamente, são uns c@ar@lhos de bolso cheio, que pouco se importam com o (insustentável) problema do coiso.




Fiquem com mais duas ou três coisas










Sem comentários:

Enviar um comentário