20 maio 2012

Homógrafas e homófonas acerca do RelvasGate


"Relvas vai ao Sol e pede desculpa ao Público..."

Isto é uma frase estúpida, mas é homógrafa e homófona...
Ninguém no seu juízo perfeito, acredita que Relvas "foi" ao Sol (queimava-se todo!)... Da mesma forma que o público já está muito farto de desculpas (esfarrapadas)...

Relvas é a peça basilar deste governo, tirando esta peça o governo não subsiste e cai... Simple as that
Na oposição que atravessa o deserto por Paris, já perceberam isso!

Acerca das pressões de Relvas...
Penso que este é o modelo "socialmente aceite" e imposto pelas governanças, quanto aos media (daí a internet ser uma dor de cabeça tão grande)...
Relvas fez o que aprendeu com os antecessores...!
Tristes figuras, em pleno século XXI, se pensarmos em "liberdade de expressão e de informação".

Já o antecessor Sócrates fora muito infeliz neste capítulo de saneamentos jornalísticos... e antes disso imagine-se... Já acontecia!

Mas se efectivamente houve ameaça de divulgar informação da vida privada da jornalista, alegadas pressões e ameaças de "blackout" do governo ao Público para não publicar matéria sobre as secretas, Relvas é ainda mais pequenino, mesquinho, vil e rasca do que se pensava aqui no estabelecimento.

Onde obtém essas informações pessoais que ameaça divulgar? Vem por sms, ou à saída das reuniões do avental?

Se queria desviar a atenção do seu envolvimento com as secretas, conseguiu o efeito oposto...
Apesar do jornal Público se apressar dizer que se tratava de matéria "não publicável" ainda antes das pressões...Pudera!
Mas que deve ser bombástico, lá isso deve...
Leu-se na Sic um comunicado de Relvas que falava em "bom nome" e "honra" (o branqueamento habitual da Sic).

E o mesmo acabou por pedir desculpas ao Público...

Primeiro nega e depois assume... Mais um imenso tiro no pé deste governo!
Já há gente a pedir "a cabeça" do ministro (até já há uma petição...), apontando já para todo o executivo.
Ao mesmo tempo que Duarte Lima se "chiba" acerca de uma rede de lavagem e branqueamento de capitais que operava entre a Suíça e Portugal.

Nota-se bem que anda aí muita gente nervosa, com a vida que tem levado...



Sem comentários:

Enviar um comentário