09 maio 2012

Exposição de Monas... Bitch Please!


Na cibertasca Farplex gostamos de achar que gostamos de arte...
Na impossibilidade de adquirir uma verdadeira obra de arte, aplicamos as mais avançadas tácticas de melting informático para proporcionar "maravilhosas experiências visuais" de sensações e estados de espirito.
Fundindo (Não é "fodido"...!) os clássicos, (com os diabólicos e virais) mêmes, temperado com "fortes esguichadelas" deste "inicio louco" do século XXI...

O Governo (ou o que quiser chamar a uma "comitiva de festas"e "festinhas"!) e a Santa Sé (Whatever that means...), decidiram subtrair 4 feriados aos digníssimos e heróicos "Portugueses pagantes"!
A saber:

2 feriados subtraidos pelo governo (4 se pensarmos nas tolerâncias concedidas no Carnaval e véspera de Natal)
A restauração da independência e a implantação da republica, feriados irrelevantes para o sistema mercantil que vigora neste país há largos séculos a esta parte...
2 feriados subtraídos pelo clero (corpo de Deus e dia de todos os santos)
E mais uma machadada na economia Alvarinha, no comércio de flores do 1 Novembro, e nas festividades da noite de Halloween, já em 2013.

Ao caminharmos para os 20% de desemprego, 4 feriados é anedota, não é?

O clero falou num período de 5 anos (que daqui a 5 anos será vitalício...) e bla, bla, blah...

E cheirou-me muito a obreiros de cruz ao peito e a Op(i)us...
Por falar em Opius...


Muita gente defende a liberalização do sector das ervas...
Aqui na tasca achamos apenas estranho como é possível alguém proibir de plantar uma planta!?
Sobretudo quando a dita planta além de dar moca, ao que parece, tem propriedades medicinais...
Cada um fará como quer, mas aqui está uma oportunidade de inovação na economia, num sector dominado pela economia paralela, o tráfico e as farmacêuticas (talvez por isso mesmo, seja proibido e punido o cultivo).
Mas ao cortar nos medicamentos e na saúde, não será de esperar que a generalidade das pessoas cultive "plantas medicinais" que as façam sentir melhor?
Tal como Bill Clinton... A Mona Lisa não inalou!

Voltando à exposição, temos também uma versão da Mona, 10 dias depois da sua primeira conta no (quase omnipresente) facebook...
Yeah bitches!!!




Acredito que a Mona Lisa mude quantas vezes for preciso ao sabor dos tempos, mas nunca deixará de ser a Mona Lisa, é isso que torna as coisas em arte... A intemporalidade!
A mudança é inevitável, constante e intemporal...
Espero que tenham gostado, porque eu estou farto de rir!

Bitch Please...ahahahahhahh



5 comentários:

  1. Comparto desta sua opinião.
    O melhor mesmo é o pessoal começar a usar essas "plantas medicinais".
    Para parecer tudo mais leve, digo eu!

    Beijo
    Sónia

    ResponderEliminar
  2. Ahahahhahahha

    Sónia, aqui há Monas para todos os gostos! ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha preferida é a última, sem dúvida!

      Bj

      Eliminar
    2. Eu gosto de todas, afinal de contas, uma Mona Lisa é uma Mona Lisa...;)

      Eliminar