13 março 2012

A 2ª ajuda externa é uma cena que não me assiste...


Não percebo "economês", "financiês" ou outras linguagens mercantis...
Na matemática de engenharia, determinam -se soluções, levantam-se indeterminações e a margem de erro admissível é de 5%...

Portanto pelas minhas contas, quando pedimos "ajuda externa" aos assaltantes da troika, já estávamos enterradíssimos no buraco da falência...

Os assaltantes benfeitores ajudaram-nos emprestaram-nos com 80 mil milhões de euros...
Desde então, tudo quanto é negado ao cidadão comum (desde o seu emprego, à saúde, protecção social e respectivos aumentos em toda a linha de bens, serviços e impostos), serve para pagar juros à agiotagem...
Única e exclusivamente com a finalidade de pagar os juros (extraordinariamente altos) aos nossos queridos assaltantes... E não a dívida em si, essa cresce todos os dias exponencialmente!

A infâme troika!
FMI+BCE+CE
Os "especialistas" que todos os dias nos dizem que fazer e como o fazer... Enquanto nos roubam!
Oh, gente benemérita e voluntariosa...

O governo dirá que "estamos no bom caminho"...
Mas depois de destruir completamente a economia e viver uma plena deflação (cenário onde todos os preços são inflacionados apesar da recessão, por estarmos presos ao eurostate)...
Eu pergunto, estamos no bom caminho para onde!?
Só se for para pedir um 2º resgate...

Mas o "iluminado" Gaspar não concorda, é apenas mais um dos negacionistas do óbvio, a par com a cassete do Passos...

Não sei que contas o sr. ministro fez...
Mas mais de 25% dos 80 mil milhões, são juros e já tínhamos dívida antes disso... Acrescendo portanto, mais juros!
Se juntarmos a isto o regabofe da coalition na distribuição de cargos, lucros, avenças e duplos pagamentos a sabe-se lá quem...
(Propondo-se ainda, benévola e seriamente a combater o enriquecimento ilícito e a "reformar" com o claro intuito de controlar...)
Eu diria que está a menos de 3 meses de um 2ª resgate...

Talvez se aguente com a bolha de oxigénio do QREN que subtraiu ao pobre Álvaro (que por sua vez se está a afogar lentamente).
Talvez o QREN, não seja o suficiente, para evitar mais uma inevitabilidade!

Mas não afirme por aí que a 2ª ajuda a Portugal é especulação, quando sabe e está, tão somente tapar o sol com a peneira...!
Tarefa inglória, onde V. Exas são demasiado fraquinhos...

Dizer isto quando sabe, que os mercados e a economia global são geridos por bancos e assentes exclusivamente num sistema, cuja criação de riqueza é apenas a concessão de crédito infinito e respectiva colecta de juro de dinheiros que não existem...

É apenas desonestidade intelectual (nada patriótica...)!
O "rei das finanças" ficou nu...
Mas a 2ª ajuda externa é uma cena que a ele não lhe assiste... Por enquanto!
Mas vai ter que a assumir, agora ou daqui a 3 meses...
Tanto faz...

Sem comentários:

Enviar um comentário