08 fevereiro 2012

Sensibilidades várias!


"Portugal não pode ser piegas, nem complacente... Nem pode compactuar com o facilitismo!"
Com mais de 1 milhão de desempregados, um salário mínimo abaixo dos 500 euros, gente que trabalha e não recebe e uma carga fiscal das mais elevadas da Europa...
Não há tempo para complacências convosco, que se tratam bem à conta da miséria nacional...
Nem pieguices do estado, com mordomias ministeriais, viscosidades publico privadas ou amiguismo de partido, obra ou loja...!
A nossa dívida não é a 3ª maior da UE, apesar de ser 110 % do PIB, muita dela graças à "ajuda externa"...
Aliás, a nossa dívida, é das mais baixas da UE, sendo portanto, facilmente financiável por quem produz dinheiro!
Não percebo porque é que numa "união económica", o tempo de trabalho de um Alemão (ou qualquer outro estado membro...) vale muito mais que o mesmo tempo de trabalho de um Português!
Se isto não é colonialismo, é o quê? Roubo? Submissão? Estupidez?
Ter ZERO euros de rendimento num País que se diz Europeu, onde mesmo assim somos taxados a toda a hora, não vá o Português enriquecer ilicitamente... Será pieguice?
Face a pessoas que se limitam a deambular pela mediocridade das "jotas", começando a trabalhar em plena ternura dos 40, para poucos anos depois, assumir os destinos de um País que não tem qualquer controlo sobre a sua economia e vive de esmolas dizendo que está falido...
Isto será sem dúvida muita complacência com o facilitismo, da parte dos Portugueses!
Continuam a levar-se demasiado a sério, os políticos deste País e todo o aparelho mediático que vos suporta a troco das avenças...
A verdadeira maioria dos Portugueses, ri desbragadamente das vossas tristes figuras...
Um bom exemplo disso, 2012 terá dos maiores Carnavais de que há memória!
Continua a dar tiros no pé...Passos!

Sem comentários:

Enviar um comentário