15 fevereiro 2012

O livro dourado de Relvas


Este ministro dos Assuntos Par(a)lamentares é um portento...
Diz o Público (pode ler aqui se lhe apetecer), que o "ministério Relvas" pagou por ajuste directo à gráfica Maia Douro SA, 12 mil euros (também pode confirmar aqui) por 100 livritos, intitulados "Compromisso para uma nação forte"...

Não sei que diga...

Estou chocado, então estes arautos do corte da despesa, gente tão zelosa do orçamento e tão transparentes... Deixam-se comer assim, numa edição a 120 euros a unidade!?
Apesar de continuar a poder ser dado como "prenda" no sector público, dado estar abaixo da "fasquia suborno" dos 150 euros...
Será sempre, cara literatura.
Pelo menos, cara demais para que se possa construir uma nação forte...
Será que o livro trás a descrição dos ritos aceites lá na loja?
Pelo preço ficaria muito desiludido se não trouxesse...

Seja como for... 
A agência de comunicação Relvas encontrará uma forma de desfazer este engano.
Sugiro que a 1ª edição do Compromisso, passe de 100 para 12 000 exemplares.
A 1 euro cada, seria algo mais compreensível para a maioria dos Portugueses.
Além do mais, dava para distribuir 1 livro a cada boy, são tantos...

O preço agravou, por trazer o menino (piegas) da lágrima na capa...

Sem comentários:

Enviar um comentário