17 fevereiro 2012

Feedbacks do carnaval de Estarreja 2012


O Farplex como grande carnavaleiro e folião que é, recebe muitos feedbacks dos carnavais de Portugal...

Desta feita, o grupo de Estarreja Tas´ku´ela, resolveu revelar a este blog as suas intenções para o aguardado e ansiado Carnaval 2012...

Aquilo que pretendo partilhar com os leitores, é a missiva que este grupo dirige à comissão organizadora do evento para participar no desfile do carnaval...!
Tendo em conta que a comissão organizadora está ligada à Câmara Municipal de Estarreja (que é PSD...) e o executivo alaranjado do governo não dá tolerância de ponto para estes festejos...
Prevejo muito pagode e folia à brava, em Estarreja...!

Reza assim:

"A Colectividade de Inutilidade Pública TAS’KU’ELA pretende, em breves linhas, apresentar o Tema com que pretende desfilar no próximo mês de Fevereiro, na cidade de Estarreja.

Neste ano, e como não poderia deixar de ser, foi aos nossos Políticos que fomos beber (poderíamos
escolher outro termo, mas este termo acompanha-nos) a inspiração para mais um desfile que se pretende inovador e irreverente.

Efectivamente, com as eleições ocorridas em Junho deste ano, com a determinação dos
candidatos a Primeiro-Ministro, receámos o pior… que nos faltasse tema para o Carnaval 2012, mas os nossos medos não se concretizaram, pois logo uma das primeiras medidas anunciadas, foi o contrário do que se propunham fazer em campanha.

Há coisas que nunca mudam !!!!!!!!!!!! (Para bem do Carnaval, ainda bem...)


Como de então para cá, sucedem-se medidas que não foram anunciadas em campanha, ou foram já
implementadas outras em sentido contrário, decidimos que o nosso desfile deveria ser ….

A Procissão dos Passos …. Coelho


As procissões são marchas solenes de carácter religioso, organizadas pela Igreja Católica. Os padres
e outros clérigos saem paramentados, carregando imagens à frente de andores, estandartes, com pálios ricamente decorados.

Os andores são levados por fiéis e pelos leigos, também paramentados, formados em duas ou mais
alas. As procissões rezam e entoam cantos, acompanhados por fanfarras, bandas ou música de instrumentistas.

Ora, ao longo dos tempos, as diversas manifestações adoptaram a liturgia católica das procissões e
também saem com seus símbolos, estandartes, cantos e palavras de ordem … ou desordem.

Há quem defenda que vários grupos carnavalescos construíram suas coreografias, apresentações
e forma de desfiles sobre o modelo das procissões, existindo estudos antropológicos sobre essa contribuição da procissão sagrada ao desfile profano do Carnaval.

Quem diria...


Como se sabe, a Procissão dos Passos é uma tradição que se mantém em muitas paróquias
portuguesas, a qual evoca o trajecto de Jesus desde a condenação à pena capital até à morte por crucificação, local onde foi executado.

Realiza-se habitualmente na Quaresma, mas decidimos antecipá-la este ano, tal a urgência e
gravidade em que nos encontramos!

A abrir a Procissão, teremos as habituais senhoras a espalhar os verdes.


Logo de seguida começará a procissão dos Passos, que fará representar-se por 3 andores, sendo


precedido cada andor com a bandeira da imagem/assunto que leva o andor.


São eles:


1º andor: Perda dos subsídios de Férias e Subsídio de Natal:


No andor estarão representados sacos de dinheiro com asas, tal e qual o dinheiro que fugirá dos
bolsos dos portugueses nos próximos anos.

2º andor: República das Bananas: Buraco da Madeira:


Aqui apresentar-se-á uma magnífica banana com um enorme buraco, pretendendo demonstrar
o buraco financeiro daquela região, figurando ainda uma casa da Camacha, típica daquele Arquipélago…

3º Andor: Os namoradinhos da Europa: Affair Merkel – Sarkozy.


As bandeiras poderão ostentar frases como as que Jesus proferiu na Via Sacra, entre as quais
salientamos:

- “Perdoai-os porque eles não sabem o que fazem"


Com esta frase clamamos o perdão dos nossos políticos, que cada vez nos crucifica mais.


- “Por que me abandonaste?"


Esta frase expressa o sentimento de total abandono experimentado por Jesus no seu sacrifício e a
necessidade de enfrentar a agonia, a fim de cumprir seu desígnio e realizar sua obra de salvação. As medidas de austeridade impostas pelo actual Governo, só aqui encontram paralelo.

Como não poderia deixar de ser, a procissão contará com a presença de um padre, ou talvez um
bispo, ou até mesmo de um Papa!

A abrilhantar esta magnífica Procissão, estará uma não menos brilhante Banda Filarmónica, com
instrumentos a sério (estivemos para actuar com os nossos, mas Estarreja ainda não tem nem a dimensão nem a projecção que suporte tal Sinfonia) que irá tocar as mais diversas Marchas, habituais nestas Procissões.

O Povo (que poderá ser representado pelo Zé Povinho) vai atrás da procissão e carregará a cruz, tal
como Cristo durante a Paixão de Cristo.

Com isto pretendemos demonstrar o nosso calvário.


Deste modo, o carro alegórico representará o País, conforme explicaremos adiante, e contará com a
presença de 2 figuras – Zé Povinho – e um animal – o Pedro Passos Coelho.

O carro representará o País na medida em que este vai aparecer inclinado, já com as áreas do
Algarve e Alentejo submersas, estando o Zé Povinho situado no Norte do País, a evitar que o País se afunde, figurando ainda o Primeiro Ministro a perturbar a sua acção por trás!

Haverá certamente quem pense que ele não estará a perturbar, mas sim a ajudar o país a
reerguer-se…

(Para esses dizemos que chegou a hora de acordar)


Todos sabemos o carácter inato do Coelho em prosperar a sua prole, pelo que não será de admirar
que o mesmo tente e consiga “prosperar” o Zé Povinho!

A posição geográfica do Zé Povinho não foi escolhida ao acaso, pretende demonstrar a corrente que
refere que no Norte é que está a riqueza do País, e que o Sul só serve para atrapalhar e perturbar a dinâmica produtiva do país!

Como dinâmica do desfile, poderemos adiantar que nos faremos trajar com roupa de fácil
manuseamento e cada elemento em determinada altura de uma música específica, tirará a roupa e ficará de tanga (com as cores da Bandeira Nacional).

Acabando essa determinada música, volta a procissão normal.


Com isto pretendemos demonstrar que o Povo, em tempos de festas e celebração sejam de que tipo
for, esquecem a crise e comemoram como se não houvesse amanhã, esquecendo a dimensão das restrições que nos impõem diariamente.

Terminados os foguetes e apanhadas as canas, no dia seguinte voltam à rotina normal, tendo perfeita
noção da crise em que se encontram mergulhados.

Este é o nosso Calvário!!!!!!!!!!!!!!


As músicas do nosso desfile, para além das Marchas já habituais nas Procissões, serão:


LMFAO – Sexy and I know it


Ah!!!
Falta uma coisa: Seremos mais de 60 elementos!"


A rainha do Carnaval será a Fanny do secret story 2...
Mas com este carro alegórico, acho que não vão precisar de rainha para um Carnaval que se antevê imenso...!
Estarreja em grande...


Sem comentários:

Enviar um comentário