21 janeiro 2012

"Afundação" Cidade de Guimarães 2012


Começou hoje o pagode de Guimarães capital europeia da cultura 2012...
Tudo muito bonito, os lambões de serviço todos engalanados...
Felizmente para todos nós, as múltiplas reformas de Cavaco Silva permitiram-lhe chegar a Guimarães, pagando todas as portagens entre a capital e o Minho, o combustível e usufruindo da sua viatura particular... Não é assim!?
Passos Coelho discursa, referindo que "a cultura está acima de qualquer orçamento..."
A seguir vem Mr. Barroso (Once again, I am sorry for that Europe... I really am...), que diz "Na Europa, a cultura produz riqueza e gera emprego..."!

Afinal, em que é que ficamos... A cultura está acima de qualquer orçamento ou produz riqueza e gera emprego?

O Farplex foi investigar...
E o investimento de Guimarães capital Europeia da cultura 2012, foi cerca de 100 milhões de euros...

A Fundação Cidade de Guimarães pagou principescamente, "aos seus" para o efeito...
Primeiro os da "Afundação", depois os outros...

10% desse valor foi simplesmente dado... Os outros 90% também...

A história desta "afundação" é simples...
Os sócretinos criaram e encheram a (in)gerência de boys rosa, que pretendiam ganhar 8 milhões de euros até 2015...Ver aqui no Público 
Veio à baila uma escaramuça derivada da questão entre a (in)gerência da "afundação" e o autarca de Guimarães de uns 15 milhões para atribuir a uma cooperativa... De cultura...Ver aqui no i
Eis que em Julho de 2011 se dá o "desvio cromático" da (in)gerência da "afundação" para a gama dos alaranjados...Ver aqui no Sol

Desde então foram adjudicados directamente ao Público 20 mil euros em publicidade... Em Julho
E em Setembro de 2011

Cerca de 9, 5 milhões de euros (em 330 parcelas...) foram "adjudicações directas" entre 17 Agosto de 2010 e 20 de Janeiro de 2012...
Que é quase o mesmo que "distribuir dinheiro público" em linguagem política!
Nada foi dito na comunicação social, que também "comeu do bolo das adjudicações directas", através de generosas compras de espaços publicitários...
Sabendo que o "aparelho de propaganda laranja Relvas" controla a RTP e a SIC, sobrava "comprar os tempos" da TVI...
Nestes 9,5 milhões de euros espalhados pelo Minho, 325 mil euros cabem à Universidade local, para estudar os efeitos económicos do evento na economia regional Minhota...

Eu diria que, para já, estamos a perder dinheiro "comó caraças"... Pelo menos, 100 milhões de euros já foram...!
Isto sem contar, com a deslocação do Presidente Cavaco ao Minho...

Se pensarmos no Porto, quando foi capital europeia da cultura e que tinha o seu expoente máximo na casa da música, que só ficou pronta, sensivelmente 3 anos depois...

Ou se recuarmos até 1994, em que Lisboa foi capital europeia da cultura e o Centro Cultural de Belém, espalhou muitos milhões de contos "culturalmente" pelos empresas de obras públicas deste país...

Podemos ir mais longe na afirmação de Passos Coelho dizendo que a cultura (da adjudicação directa) estará em todo e qualquer orçamento... Sendo até fundamental que exista para alimentar o "pagode cultural Português" do novo riquismo político!
Da mesma forma sou obrigado a concordar com Barroso, afirmando de forma veemente que a cultura é geradora de riqueza (sob a forma de crédito e subsequente dívida...), sendo também criadora de emprego (sob a forma de "tachos vários" e "empresas fictícias")...
Ide, ide ver os ajustes directos ditos "culturais"... 
Escrevam apenas "Fundação cidade de Guimarães", na caixa de designação da entidade adjudicante...

Quando acabar 2012, alguém (a)pagará o rasto cultural...
Vai ser uma afundação (deste País...), o pagode em Guimarães este ano...!

Nota final
A permanência vitalícia do logotipo "Guimarães- Capital Europeia da cultura 2012" nesta "tasca cibernética", designada como Farplex...
Implica que, a "Fundação cidade de Guimarães" faça o respectivo ajuste directo...
Pelos serviços prestados na área de publicidade guerrilha online, bem como a aquisição de espaço virtual para alojar imagens por tempo indeterminado...
Que continuará a promover a "marca Portugal de Guimarães" pelo mundo, muito além de 2012...
Já sei...
Pode ser uma subvenção vitalícia de 1300 euros/mês?
Sempre vai dando para as despesas...

Sem comentários:

Enviar um comentário