30 novembro 2011

O último dia de independência em Portugal


Ao fundo da Avenida da Liberdade, está o obelisco que marca a restauração da independência de Portugal em 1640, mais conhecida pela "Praça dos Restauradores"...
O feriado do 1º de Dezembro assinala a data da insurreição de Portugal a uma "governança externa" Espanhola que durou cerca de 80 anos, há 371 anos a esta parte...

Actualmente os nossos políticos abdicaram desse mesmo feriado, em nome de uma "governança externa" Franco Alemã!

Será que também vão demolir o obelisco que simboliza esse dia? 
Mudar o nome da Praça dos Restauradores?
Entregar a Liberdade ao fundo da sua Avenida?
Abdicar da independência, a bem dos mercados, da troika e o raio que os parta...

O sistema opressor inibe desfrutar de um feriado que celebra a independência deste País, a bem da produtividade para pagar juros agiotas aos nossos governantes imperialistas...
Como se a independência fosse algo de nefasto, ruim e indesejável...

A minha esperança é que este feriado se mantenha, junto com a Praça dos Restauradores!
Que Portugal crie um novo feriado ao libertar-se desta perigosa ditadura económica, e no meio da Avenida da Liberdade se reerga a sua independência, visto ter sido ineficaz na sua extremidade!

E assim, manchamos a memória dos nossos antepassados que lutaram por um Portugal melhor, a troco de nada, num movimento cobarde de submissão à "esmola única Europeia"!

Desfrutem bem do feriado, este é oficialmente o último dia de independência Português...
Pelo menos, até implantarmos um novo feriado!

8 comentários:

  1. Boas meu amigo gostei muinto do("s") teus trabalhos eu penso igual a ti por culpa deste governo que tempos eu tive de ir para o estrangeiro infelismente nao posso estar ahi em portugal a ajudarvos... segue assim mano estas a fazer um favor a todos "as" os portugueses "as" que nao se atrevem a revelarse. porque portugal o muda o fica na miseria ainda mais do que a que esta agora.

    ResponderEliminar
  2. Caros:

    Vem aí uma luta imensa contra um sistema opressor, cínico e bem disfarçado!
    O preço da minha liberdade é o desemprego, a precariedade e a perseguição económica que o sistema me faz!
    Tenho a conta do banco, o PC, o telemóvel, blogue e FB controlados por "entidades" externas, onde sou localizado diariamente!
    Não sei quanto tempo mais poderei escrever e assumir a minha identidade!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  3. Caro Tiago,
    tudo leva a crer que os tempos de "Pide" regressaram aos nossos dias! A liberdade de expressão e o direito á opinião e a ideias construtivas como as suas, não podem ser de maneira nenhuma oprimidas! Se há coisa que espero que não lhe possam tirar é o direito de assinar por baixo num texto seu. Para isso lutaram os nossos antepassados tão arduamente. Tal como o Tiago, também eu espero por um novo feriado que celebre a independência do sistema em que vivemos e como eu haverá mais, em Portugal e espalhados pelo mundo fora. A historia está cheia de gente que se uniu e fez a diferença...e a união faz a força!

    ResponderEliminar
  4. Filipa: Espero que não... Temo que sim!

    Sónia:
    Muitas vezes quando debato alguns dos assuntos com as pessoas que me rodeiam, fico com a sensação que o que escrevo é deveras ofensivo e inoportuno a esta "boa educação concordata" que se vive! Eu questiono-me se a generalidade das pessoas vive no mesmo mundo que eu... Em que discordar é tão somente dar outro ponto de vista!

    ResponderEliminar
  5. Tenho a certeza que o seu mundo é partilhado por muitos! Quanto á boa educação Tiago, é deveras relativa, não se pode oferecer palavras floreadas a quem nos faz comer cactos! A verdade quando é dita, não tem educação, apenas é o que é...
    Eu pessoalmente sinto-me ofendida, mas não com o que escreve. Sinto-me ofendida por quem nos governa. Agrada-me muitas vezes chegar aqui e ler aquilo que penso.
    Portanto Tiago, só espero poder continuar a fazê-lo. Continue, seja "ofensivo" e "inoportuno", porque de boa educação está o mundo farto!

    ResponderEliminar
  6. Obrigado Sónia e a todos pela vossa participação...;)

    ResponderEliminar