14 novembro 2011

O canto do cisne...


Em todos os executivos, há sempre, pelo menos um... PARVO!
Sendo este executivo (Tal como o anterior...), muito abundante na espécie!
Mas existe sempre um parvo maior na manada... Um que se destaca, não por ser o macho Alfa, apenas e só por ser o profeta da estupidez!

Neste executivo PSD- CDS, o parvo é o Ministro Super (pateta!) especial Álvaro!

Com a pasta de economias de treta e desemprego, este protozoário afirma hoje na comunicação social que 2012 será "o ano da retoma" económica...

Ora, ao ouvir e ler semelhante afirmação, surgem-me logo uma série de dúvidas...

Super pateta Álvaro falará dos seus rendimentos pessoais para 2012...?

Numa economia que contraí mais que um "escroto mergulhado em água gelada", em recessão, (mas que a Europa continua a apostar na inflação apesar do retrocesso...), com desemprego recorde, um orçamento de estado com uma carga fiscal que dá vontade de fugir para África ou América do Sul e uma revolução à porta...

Sim, de facto 2012 tem tudo para ser o "ano da retoma"...

Se consultarmos os arquivos e verificarmos nos últimos 4 executivos (sem contar Santana Lopes como um executivo...), podemos verificar que sempre existiu um "iluminado" a proclamar a retoma...

Pois bem, vejam a "retoma" a que chegámos...

Manuel Pinho, por ventura o ministro (com a mesma pasta...) que mais vezes disse "acabou a crise", num total de 5.803.144 vezes, abandonou o hemiciclo depois imitar um bovino e levar com um par de "bandeirilhas"...

Super Álvaro, prepara-se para repetir a estúpida façanha, ao anunciar o fim de uma crise que começou há dezenas de anos e cujo o executivo a que pertence apenas toma medida no sentido do agravamento da mesma e nunca da sua resolução...

Sou então levado a concluir que 2012 é o ano de saída de Super pateta Álvaro do executivo fascista de Miguel Relvas...

"Acabou a crise" e "retoma" são termos utilizados como código para ministros, significando "estou de saída" ou "não sei para mais..."

O verdadeiro canto do cisne... Cujo o acontecimento é a "morte do artista"!

Adeus Álvaro...

Sem comentários:

Enviar um comentário