01 novembro 2011

Dia de todos os Santos


Dia 1 de Novembro, de finados, ou de todos os santos, feriado (por enquanto...) e dia sombrio, como de costume...
Onde ao final da tarde cai uma chuvinha miudinha que se entranha na alma...
Dia de descanso, do corpo para os vivos e da alma para os outros...

Enquanto os Democratas Cristãos e a igreja decidirem que assim é... A bem da produtividade!

Mas, para Deus, tudo isto é do mais irrelevante que há...
Cada um de nós é uma partícula subatómica de algo tão imenso e grandioso, que está para lá da nossa compreensão...
Assim a Humanidade vê-se obrigada a aderir a simbolismos, a livros e profetas, para explicar o inexplicável, quantificar o inquantificável e qualificar o inqualificável (parece um trava línguas, mas não é...)

Deus, tal como o Universo é algo que não conseguimos definir na sua grandiosidade e propósito, podemos tentar especular, arranhar a superfície de algo à procura de respostas...

Mas os seus desígnios continuam um mistério!
E jamais um símbolo, uma ideia ou uma definição poderão conceptualizar algo tão imenso...

1 comentário: