22 setembro 2011

Como sair da crise... 9/11 style!

Portugal, que se fôda o buraco da Madeira...
Não era novidade para ninguém que sempre houve irregularidades nas contas da Madeira, vícios alimentados por sucessivos executivos!
O que importa é sair da crise, de fininho, sem alaridos...
Esta ideia põe Portugal no topo do business.

Jogando o jogo da especulação financeira... Poderemos também ser Engenheiros na nossa finança pública!
Nos dias de hoje, tudo é marketing agressivo, consumo, venda, advertising, merchandising, branding...

Li hoje, que os Portugueses tem depositado nos bancos uma soma aproximada do montante da dívida soberana!
Não preciso de saber a veracidade da notícia...

Faz-se um esforço massivo de aquisição de títulos de dívida Portuguesa, pelo estado (que presumo estar a ser feito...)

Lança-se um lockdown em Portugal, fecha-se tudo, autoestradas cortadas, greves, manifestações e os desejados tumultos...
A policia vem, pedras, paus... E a polícia retira... Incendeia-se o primeiro caixote do lixo, vem os cocktails molotov e arde o primeiro carro.

Estado de sítio

Os militares empoeirados, sairão à rua para defender e manter a ordem!

Amplamente divulgado nas redes sociais, as melhores cenas do filme!

Um discurso de Passos Coelho, afirmando peremptoriamente que será difícil cumprir compromissos com a troika nestas condições, talvez mesmo impossível... Acenando com o default máximo...

Os mercados oscilam, o juro sobe e os especuladores apostam no default de Portugal!

Enquanto a Troika decide, se negoceia connosco um acordo exequível, e corremos as capelinhas europeias em busca de auxílio para os tumultos nas ruas...

Os juros da nossa dívida sobem e Portugal revende a sua dívida de forma a realizar o esperado capital.

Acabou a crise... Let´s reset

Tudo isto e pior, será feito de uma forma ou outra, uma autêntica inevitabilidade histórica...
A questão que se põe é:

Portugal, lucra como País soberano, pelo bem estar dos que nele vivem?
Ou quem tem as ferramentas da engenharia financeira na mão, preferem actuações especulatórias a solo , com lucros próprios avultados, muitas vezes à custa de empregos de milhares?
Futre diria:

Este é o plano...(do grande Homem...)
Ir buscar o melhor especulador Chinês da actualidade e pô-lo a especular para nós, de domingo a sábado...
Vai vir charters...

Sem comentários:

Enviar um comentário