01 fevereiro 2010

Hoje apetece-me estar contente...

Sim, contente...( Não confundir com "Alegre", adjectivo que arrisca na condução a Presidente da República!)...
Contente, porque a vida corre bem...
Porque não há contratempos, porque só há coisas boas...
Porque apesar de quase me ter auto mutilado, de terem raspado o pára choques do meu bólide e de estar a braços com um fim de semana passado a "destilar" tipo alambique... Tudo está "correcto e afirmativamente" porreiro... pá!
Não há agência de ratings, serviço noticioso, jornal ou político que me tire a felicidade e o contentamento...(estive quase a escrever "Alegre"...)
O facto de ter de "descongelar" o carro hoje de manhã (era óptimo que coubesse no microondas, pequeno mas não tanto...), não me tirou o sorriso matinal, mesmo depois de ter acordado às 6 da manhã... O que parece verdadeiramente surreal!!!
Mesmo depois de me pesar de manhã e verificar uns espantosos (e agora preparem-se porque isto é chocante, especialmente para quem me conheceu em "estados anorécticos"...), charan...92 kg... Um autêntico "pote gastronómico", o verdadeiro "alambique humano", mas mesmo depois disto continuo feliz... Talvez a felicidade engorde...
Como se não bastasse acordei com uma daquelas borbulhas imensas mesmo no meio da cara, e adivinhem, continuo feliz...
Pois é, assim vai ser dificil perder o sorriso, não há vicissitude que me esmoreça!

3 comentários:

  1. Ahahahahahaha...
    Uma cozinheira, com mãe e tias e avós... enfim, manjar atrás de manjar...
    Estou o verdadeiro pote gastronómico...lolol!

    ResponderEliminar
  2. Não é da cozinheira mas sim da terra onde ele veio ter (AGUIM), boa comida, boa pinga é sempre a aviar ...

    LOL

    Carlos Lagoa

    ResponderEliminar