23 outubro 2009

Solução para a crise... Um recado para Van Zeller


Van Zeller, aquele senhor que "chora" cada vez que se fala em aumentar o salário mínimo, (porque o resto do ano choram os Portugueses), diz que: dadas as condições económicas, não deverá haver aumentos salariais...
Aí reside a resposta para a crise...
Se o trabalho for bem pago, as pessoas trabalharão mais contentes, reconhecidas pelo seu esforço e mais produtivas...
Terão mais dinheiro no final do mês, o que implica que consumam mais, se consomem mais, aumenta a necessidade de produzir e se aumenta a necessidade de produzir, aumenta o emprego e consequentemente o numero de pessoas contribuintes...
O patronato em vez de lucro de milhões...tem milhões de lucro!
Todos a contribuirem para o avanço do país, parece-me mais positivo, do que apenas alguns grupos Capitalistas de bancos, construtoras, petrolíferas, energéticas e telecomunicações, que se "abarbatanam" bem de uns quantos milhões, para depois dizerem aos demais como o Sr. Van Zeller, que devido à crise os salários não podem subir...
Sr. Van Zeller não lhe desejo o mal de ter que (sobre)viver com 450 euros mensais, mas lanço-lhe o desafio de o fazer com 1000 euros, que é mais do dobro do salário mínimo nacional e deve chegar perfeitamente para cobrir todas as suas despesas (ou não!), depois poderá fazer esse tipo de comentários alarves a que nos habituou.
Na sua cabeça Sr. Van Zeller, vai a filosofia de: " Pimenta no cu dos outros, é refresco para mim!", pois bem veja a minha generosidade para consigo, ao propor-lhe que viva com um salário que está bem acima da média nacional... Porque os Portugueses em média vivem com bem menos!
O Sr. Van Zeller estuda pelos manuais biblicos de maus costumes como o Vaticano?

Sem comentários:

Enviar um comentário