23 outubro 2009

Saramago, Deus e a Igreja...

Abençoado Saramago! É preciso ser um Nobel, para se poder dizer o que se pensa sem pudores...
Excelente manobra publicitária do seu novo livro "Caim", ao afirmar que a bíblia é o manual dos maus costumes...
Ouviram-se os gritos indignados do costume das beatas e beatos hipócritas, fiéis e tementes a Deus e à Igreja católica, mas incapazes de praticar o bem ou ajudar o próximo!
Nunca ouvi falar, nem li em lado nenhum que Jesus Cristo ou Deus, ordenassem que o Vaticano ostentasse vestes douradas, palácios, riqueza, que os sacerdotes fossem adeptos de pedofilia, tivessem pareceres e influência política ( Lembro-me de um cardeal patriarca de Lisboa reunido com o 1º ministro umas horas desta semana, antes da formação do novo governo, provavelmente abençoando o novo executivo...)!
A bíblia é um livro complexo e metafórico, escrito por homens e interpretado por homens e se Deus quis passar uma mensagem à Humanidade, concerteza verificou que no ano da graça de 2009 falhou redondamente...
O mundo que Jesus pregou está muito longe daquilo que temos hoje... Não vejo o Vaticano a ajudar na Paz mundial ou a resolver a miséria, fome e doença... Mas vejo o Vaticano a dizer que o Corão é um apelo à violência... Se o Papa pode ofender/criticar, o Saramago também e eu idem...

3 comentários:

  1. não tenho sic noticias por isso o debate acabou agora para mim. O que vi até agora foi um padre a "bater" no Escritor e o escritor encolhe-se e diz que "abusou" em algumas partes do livro.
    Não será o "abuso" uma forma de esmiuçar a Igreja de forma a que esta nos faça perceber o que andam a fazer nos nossos dias em que são mais os crentes de Alá do que os de Cristo?

    ResponderEliminar
  2. Se não for incomodativo, gostaria de perguntar o seguinte:

    Mas ó que é que Os Evangelhos, Gnósticos incluídos, têm a vêr com a Igreja de Roma?

    E o que é que o Cristianismo, muito anterior a Jesus, que por isso foi chamado de Jesus O Cristo, têm a vêr com as hierarquias de Poder, seja a de Roma seja outra qualquer.

    A Velha

    ResponderEliminar
  3. Caríssimos Raul e anónimo:

    Todos temos direito à opinião, Saramago inclusive... Quando Bento XVI disse que o Corão era um livro violento não houve tanto alarido! Os católicos estão acima dos demais??? Podemos questionar tudo e todos... Independentemente da religião, credo ou crença, fé ou confissão, o que importa é a capacidade de a Humanidade, no seu todo, praticar o bem, a ajuda ao próximo e nisso a religião católica deixa muito a desejar...
    Se realmente Deus existe, nada tem que ver com manifestações fanáticas... Quanto ao Cristianismo antes de Cristo, presumo que seja uma piada do anónimo...

    ResponderEliminar