17 abril 2009

(Engenheiro, ou não!) José Socrates

Começa a aproximar se a data das eleições e o nosso 1º Ministro vive aterrorizado por uma campanha negra de difamação, lançada por comunistas mal intencionados...
Aliás Sócrates à semelhança dos E.U.A nos anos 50, vê comunistas em toda a parte... Na sopa, em reuniões, até nas asneiras que faz constantemente...Mas fique ciente Sr. "Engenheiro" que não podemos culpar os outros das merdas que fazemos, além de ser feio, não é muito ético ao nível de um 1º Ministro...
Eu na qualidade de eleitor, devo analisar para onde vai o meu voto, não me posso abster porque vou novamente ser governado por uma maioria de merda, como a que está...
Como não sou de direita e abomino essas políticas, pela simples razão de nos terem trazido ao dia de hoje...Excluo a "carismática" e com o dom da palavra Manuela Ferreira Leite e toda a sua "entourage" de corja de abutres...
O CDS-PP eu considero, um partido prostituto, pelas mãos de Paulo Portas que apenas quer um ministériozinho só para ele, à boleia de quem ganhar, isso tem um nome!!!
Paulo Portas és uma puta política...
À direita tudo arrumado...
PCP a velha cassete comunista, onde a palavra velha é a chave...Além de ditatoriais, não apresentam soluções e inovação... Trabalham com os sindicatos, mas o que é os sindicatos fazem neste país a não ser aparecer à custa dos trabalhadores...
O Bloco de Esquerda parece-me bem, não para ganhar as eleições, mas para obter maior representatividade na Assembleia da Républica... São os únicos que se manifestam em prol de alguma coisa, mas não acredito que se ganhassem as eleições conseguiriam formar um governo e levar este país a algum lado...
Portanto só há duas formas de ganhar estas eleições...A solução extremista e a solução de acordo com o sistema que é falivel e corrupto...

1- Solução extremista

Boicote às eleições, lançar o caos em diversas juntas de freguesia de norte a sul do país, sabotar as eleições, inviabilizar mesas de voto, mostraria descontentamento óbvio... Mas seria adiar o problema.

2- Solução integrada no sistema sabendo que o sistema é corrupto e falível

Votar em massa, mas apenas em partidos que nunca ouvimos falar ou com baixa representatividade, do bloco de esquerda para baixo...
Assim o controlo deixa de estar no ciclo PS ou PSD e alarga-se a outras pessoas e realidades, obrigando a novas formas de consertação, mais ideias, mais debate, mais qualidade política...

Não quero mais do "vira o disco e toca o mesmo" no meu país...
Não quero ajudar corruptos e gatunos a ganharem bem a sua vidinha, enquanto eu vivo na miséria... Não quero trabalhar ou viver inserido numa sociedade injusta, insegura, parcial e escravizada por meia dúzia de Chulos...
Todos nós sabemos o que precisa ser feito para acabar com esta merda que nos "desgoverna"
E se cagarmos todos para o sistema e voltarmos a cultivar a nossa terrinha e viver como nómadas, como é que vai ser???
Se o Tuga cagar para a autoridade e fizer aquilo que lhe apetece, vão prender 10 milhões de habitantes???
Não me parece meus amigos... Tou à espera de uma visita do S.I.S a qualquer momento pelas merdas que escrevo... Ou uma proposta aliciante para integrar o mundo da política e assim ser pago a peso de ouro pelo sistema que critico...
Seja como for a hora de mudar é agora...Acabaram as mentiras, falsas promessas, freeports e diplomas passados ao domingo... Sejam profissionais e façam política...porque é para isso que vos pago, calões de merda!
Já que gostam tanto do patronato, vou tratar a classe política como os meus empregados porque afinal de contas eu pago e eu elejo, portanto eu sou o patrão dessa corja de incompetentes...
TOCA A TRABALHAR!

2 comentários:

  1. Mandar os políticos trabalhar é como mandar-te ir correr a maratona e acaba-lá!

    Eles não foram feitos para trabalhar, se fossem e tivessem vergonha nas trombas não aguentavam ouvir piadinhas de merdas sentadinhos no parlamento, enquanto gozavam ou apoiavam outros idiotas e receber vários ordenados mínimos por isso.

    E não existe solução possível, os políticos também são um reflexo da sociedade actual e da maneira que eu vejo os putos de hoje, isto ainda vai piorar.

    Sempre fui de esquerda, mas nunca votei sempre no mesmo partido, porque não me identifico nessas associações.

    Talvez seria melhor mudar a própria constituição para dar mais apoio a forças apartidarias sobretudo inicialmente a nível local para se intrometerem nos meandros escuros do poder e pelo menos lixar os esquemas aos outros.

    Isto anda muito podre, e que está podre ou vai para o lixo ou enterra-se.

    ResponderEliminar
  2. please...
    http://madeinviseu.blogspot.com

    ResponderEliminar