21 dezembro 2006

Seria possível existir um Dr. House?



Não sou um seguidor assíduo da série, mas por vezes vejo...
A personagem do Dr. House é um tanto ou quanto fascinante, diz o que pensa sem olhar a consequências, pisa o risco constantemente e infringe as regras para salvar os seus pacientes.
Tem uma forma de ser e estar pouco convencional e por muito que se engane no final acaba sempre por ter razão.
É coxo, devido a uma operação que correu mal...
Em Portugal, este individuo estaria reformadíssimo...ou então queimadíssimo!!!
O bom Dr. House estaria no desemprego, ou a exercer Medicina à margem da Lei, a fazer abortos...LOL! 11 de Fevereiro, já sabem votem SIM à despenalização!!!
Quanto à série Dr. House, é sempre igual, há um doente quase a morrer, um mais ao menos e outro que não tem nada...no final todos se safam porque há sempre alguém que mente e não permite fazer o diagnóstico correcto...Enfim um C.S.I dos Hospitais...

1 comentário: