06 agosto 2006

Crónicas de um empregado de mesa

Pelo sexto Verão consecutivo trabalho no café esplanada Jardim, para quem não sabe a esplanada que existe mesmo no centro de Viseu...
Trabalha-se muito e o salário é mínimo, então porquê trabalhar ali???
Primeiro: é um sitio bonito, onde quase toda a população Viseense (e não só!) passa, um autêntico jardim
Segundo: porque apesar de tremendamente cansativo é extremamente divertido, todos os dias há histórias para contar.
Os colegas de trabalho variam quase todos de ano para ano.
Estes colegas variam das pessoas mais porreiras à face da Terra até às maiores amibas do mundo animal...Com os clientes passa-se o mesmo...
A meu cargo diariamente estão cerca de vinte cinco mesas, claro que se o meu colega não der conta do recado das 25 dele tenho mais algumas...
Depois é tudo o que acontece quer seja com o staff ou com os clientes, é só rir...
Desde a tia(o) mais tia(o), ao agricultor, ao bêbedo ou maluco, à puta, ao travesti, ao drogado, ao imigrante, ao turista, ao cliente habitual...tudo lá cai... e nós sempre com a paciência de um santo para aturar esta mistura de gentes.
Os clientes habituais já me conhecem e dizem a frase característica quando me veem no primeiro dia de trabalho: -"O bom filho a casa torna..." , bom filho acho que não sou, mas o dinheiro dá-me imenso jeito... Talvez num próximo post eu revele alguns segredos da profissão que é ser empregado de mesa...

1 comentário: